Flamengo e Fluminense disputam hoje a primeira partida na decisão pelo título carioca, com o time comandado por Roger Machado vindo de uma vitória de virada sobre o Independiente Santa Fe pela Libertadores, em um jogo no qual o time melhorou apenas quando já não contava com a dupla dos veteranos Fred e Nenê juntos.

No podcast Posse de Bola #125, Arnaldo Ribeiro afirma que para ter chances diante do rival, o time tricolor deverá fazer escolhas entre Fred e Nenê, considerando que o time tem rendido melhor quando os dois não estão juntos em campo.

“O Fluminense para ter chance de ganhar do Flamengo não dá para jogar com Nenê e Fred. Para o Fluminense ter essa prova, basta ver o jogo último contra o Santa Fe, o Fred está em um momento e o Fred é um jogador especial, o Fred é um goleador em um país que não tem goleadores, fora os goleadores do Flamengo. Tem poucos goleadores e o Fred é um jogador implacável”, afirma Arnaldo.

“O Fluminense só virou o jogo contra o Santa Fe depois que o Nenê saiu. O Cazares entrou e deu mais um passe. Acho que um técnico e outro técnico, nenhum dos dois tem aquele estofo para dizer ‘olha, eu vou ter a opção’. Acho que um vai meio que estudar o que o outro vai fazer para escalar os times, já que os dois na Libertadores estão encaminhados”, completa.

Arnaldo considera mais difícil tirar Fred do time, uma vez que o centroavante tem sido efetivo, marcando gols importante para o Fluminense, e acredita que rendimento de jogadores jovens como Kayky pode fazer a diferença na final contra o Flamengo.

“O Fluminense vai chegar em um momento em que vai ter que fazer opções, mais são as melhores companhias para o Fred. Talvez o Nenê seja em alguns momentos, em alguns jogos, não contra o Flamengo, jamais contra o Flamengo”, diz Arnaldo.

“O Fluminense teria que idealmente reforçar o seu time de jovens, reforçar a marcação, colocar Kayky, colocar outros, talvez o Caio, e o Fred na frente tentar também aproveitar da fragilidade defensiva do Flamengo para equilibrar as coisas”, conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube –neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui