O Flamengo encara na noite de hoje (19) a LDU, do Equador, em partida que pode assegurar a equipe do técnico Rogério Ceni nas oitavas de final da Libertadores. Em lados opostos, torcedores dos dois clubes já formaram uma “aliança” justamente por conta da competição continental, e o jogo tinha o Maracanã, palco do confronto de logo mais, como pano de fundo. O apito inicial será às 21h.

Líder do Grupo G, com 10 pontos, o Fla depende apenas de um empate para se classificar. Em caso de vitória, garante, inclusive, a primeira colocação nesta fase do torneio — além da LDU, o grupo conta também com Vélez Sarsfield, da Argentina, e Unión La Calera, do Chile.

Mas, se o Rubro-Negro, agora, tem a LDU como um dos obstáculos na corrida para tentar levantar o terceiro título, em uma passado nem tão distante já engrossou a torcida pela equipe equatoriana. Em 2008, a LDU chegou à final da Libertadores contra o Fluminense, e chegou a utilizar a Gávea, sede do Fla, para treinar.

Torcedores do Flamengo criaram "Liga Dos Urubus" para torcer contra rival Fluminense - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Longe das quatro linhas, torcedores criaram um movimento para secar o rival, e levaram à frente da ideia da “Liga dos Urubus”, uma mistura das iniciais do clube de Quito (Liga Deportiva Universitaria) com o mascote da equipe da Gávea. E acabou dando certo: após triunfo no tempo normal, o Tricolor perdeu o título nos pênaltis, no Maracanã.

O movimento ficou bastante conhecido e ainda teve reflexos no ano seguinte, quando novamente Fluminense e LDU se encontraram em uma final, desta vez da Sul-Americana —novamente os equatorianos levaram a melhor.

Um duelo entre Flamengo e a equipe de Quito pela Libertadores não chega a ser inédito. Em 2019, os times estiveram no mesmo grupo e, inclusive, foram os dois classificados — Peñarol, do Uruguai, e San José, da Bolívia, completavam a chave.

Agora, enquanto o Rubro-Negro navega mares mais calmos, a LDU precisa da vitória para não ver a vaga na próxima fase mais distante. Caso os comandados de Ceni vençam e o Vélez bata o La Calera, o grupo já fica definido.

De “patinho feio”, como disse o técnico Jorge Jesus certa vez, à peça-chave no time, Arão ganhou espaço no elenco e é considerado titular já desde a temporada 2019.

“Muito feliz com essa marca. Espero que possamos carimbar a classificação com uma vitória e aí, não apenas para o primeiro lugar no grupo, mas olhamos para ser um dos primeiros gerais, para ter a oportunidade de decidir sempre em casa. Sabemos que será um jogo difícil. Respeitando sempre a equipe deles, mas, no Maracanã, tem de prevalecer nossa força, nos mantermos focados do início ao fim, controlar os 90 minutos, e dar esse passo importante”, disse ele, à FlaTV.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO X LDU

Competição: Copa Libertadores
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Dia: 19 de maio de 2021, quarta-feira
Horário: 21h (horário de Brasília)
Árbitro: Alexis Herrera (VEN)
Assistentes: Lubin Torrealba (VEN) e Tulio Moreno (VEN)

Flamengo: Gabriel Batista, Isla, Arão, Bruno Viana (Gustavo Henrique) e Filipe Luís; Diego, Gerson, Everton Ribeiro, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol. Técnico: Rogério Ceni

LDU: Adrián Gabbarini; Pedro Perlaza, Luis Caicedo, Moisés Corozo, Ándersson Ordóñez; Lucas Villarruel, Jordy Alcivar, Christian Cruz, Matiás Zunino, Cristian Martínez Borja e Billy Arce. Técnico: Pablo Repetto

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir UOL Flamengo, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Amazon Music e YouTube.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui