Vice-presidente de Relações Externas do Flamengo, Luiz Eduardo Baptista, o Bap, criticou a Prefeitura do Rio de Janeiro, que vetou a presença de convidados na final do Campeonato Carioca, amanhã (21), entre o time rubro-negro e o Fluminense. A Federação de Futebol do Rio (Ferj) havia solicitado autorização para que o jogo tivesse 160 pessoas, mas a Secretaria Municipal de Saúde não deu o aval.

O dirigente do Fla lembrou a final da Libertadores, entre Palmeiras e Santos, que aconteceu no fim de janeiro, no Maracanã, com convidados, e ironizou: “Fique em casa, torcedor carioca”.

“Público com poucas restrições liberado para qualquer atividade no RJ. A prefeitura concordou com times paulistas jogarem aqui com público de 7.000 “convidados” (final da Libertadores). Fla X Flu não pode nem convidados. Mesma cidade, estádio e autoridades. Fique em casa, torcedor carioca”, publicou em uma rede social.

Mais cedo, a Ferj publicou um documento também com críticas à prefeitura e pedindo “rigoroso controle” aos clubes envolvidos na decisão. Na nota, a instituição diz que “zela pela saúde alheia, com regras rígidas de procedimentos e diretrizes”, apesar de não concordar com “decisões equivocadas por não as entender mesmo sob o prisma político”.

Vale ressaltar que a Secretaria Municipal de Saúde indicou que haverá um esquema especial de fiscalização para esta segunda partida da decisão do Estadual. No último sábado, a Ferj liberou 300 convidados, 150 por clube, sem a anuência dos órgãos municipais, e, no decorrer da partida, houve desrespeito às regras sanitárias em meio à pandemia. A medida foi considerada infração “gravíssima” e gerou multa à administração do Maracanã.

A presença de público vem sendo debatida desde a última semana, quando a federação abriu tal possibilidade, e foi motivo de embate nos bastidores, uma vez que o Flamengo se mostrou favorável e o Fluminense contra. Com este tema central, inclusive, o Rubro-Negro e a Ferj cogitaram levar a decisão para Brasília, mas encontraram obstáculos e o Maracanã foi confirmado como palco do duelo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui