O Flamengo teve uma receita bruta entre R$ 13 milhões e R$ 14 milhões com venda de direitos de televisão e patrocínio do Carioca. A maior parte deste dinheiro foi originado com o pay-per-view do campeonato. A diretoria do clube ficou satisfeita com o resultado por ter sido uma primeira experiência com o modelo de venda do campeonato.

Para este ano, a Ferj e os clubes decidiram recusar uma proposta de R$ 45 milhões da Globo por todos os direitos da competição. Isso implicaria também na retirada de ação da entidade contra a emissora: foi dada uma indenização de R$ 156 milhões em decisão de primeira instância.

Sem a Globo, a Record ganhou a concorrência para transmissão do campeonato pelo qual pagou R$ 11 milhões pelos direitos de TV Aberta, boa parte destinado a produção e taxas. A principal aposta foi de venda de pacotes de pay-per-view e uma estimativa inicial era de que foram vendidos 200 mil pacotes. A Sportsview, empresa que organizou as negociações, informa que este número foi superado. Uma parte da venda foi feita por operadoras de cabo e outra por meio de canais dos próprios clubes.

Somados esses itens, além de publicidade, o Flamengo teve o faturamento entre R$ 13 milhões e R$ 14 milhões, segundo confirmou o blog. Esse é o valor bruto e deve devem ser descontadas taxas de parceiros como o operador da FlaTV.

A avaliação da diretoria rubro-negra é de um resultado positivo. Pelo valor oferecido pela Globo, a estimativa era de que o clube ficasse com R$ 6,5 milhões, metade do arrecadado. No orçamento rubro-negro, não havia previsão de receita nenhuma com o Estadual, isto é, trata-se de dinheiro extra ao estimado.

Além disso, dirigentes rubro-negro entendem que o valor ainda está abaixo do potencial do Carioca porque a comercialização foi feita muito próximo do campeonato, com apenas 20 dias de antecedência.

Outro fator é usar a competição como teste para o futuro da exploração dos direitos de televisão. O Flamengo quer fortalecer a FlaTV + como alternativa para o futuro, embora não vislumbre no momento passar seus principais jogos na emissora. Em junho, haverá um lançamento de assinatura da FlaTV + com pagamento de mensalidade.

Ao contrário do Flamengo, o Vasco já declarou não ter ficado satisfeito com o resultado financeiro do Carioca e quer rever o modelo. Fluminense e Botafogo ainda não se pronunciaram.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui