O ex-atacante Adriano Imperador, de Flamengo, São Paulo, Corinthians, Athletico-PR , Inter de Milão e seleção brasileira, foi flagrado, na madrugada desta segunda-feira, causando uma aglomeração em um bar na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Mesmo com os mais de 462 mil mortos pela Covid-19 no país, Adriano e outros torcedores posaram abraçados para fotografias – ninguém usava máscara.

As informações são do portal Extra. Adriano teria ido com colegas para um bar na região. Conhecida nas redes sociais por ser amigo do ex-atleta, Adriana Belém também foi flagrada nas imagens. Durante o encontro, um grupo de torcedores quis registar o encontro com Didico. As fotos mostram que ao menos cinco pessoas se reuniram com o Imperador para abraçar o craque no estacionamento do local.

Em recente entrevista, uma frase de Adriano sobre seu passado como jogador repercutiu entre os internautas: “Um buraco no tornozelo e outro na alma”. Ele explicou suas decisões na carreira. Além da curtição, nas redes sociais, amigos de Adriano compartilharam nas redes uma resenha dele com a banda “Menos É Mais”, neste domingo. Dentro de um local fechado, todos estavam sem máscara.

Nenhum deles usava máscara ou qualquer proteção contra possíveis contaminações da Covid-19. A alegria contrasta com o drástico número de mortos no Brasil: de acordo com dados oficiais, mais de 462 mil pessoas no país já faleceram vítimas da doença. As vacinações no Rio de Janeiro seguem acontecendo. Finalizada a primeira parte com grupos prioritários, a cidade terá vacinação para pessoas com cerca de 50 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui