Everton Ribeiro segurando troféu da Supercopa 2021 (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O Flamengo é o clube que mais cedeu jogadores à seleção brasileira nas convocações da Data Fifa no mês de junho. O Rubro-Negro mandou três atletas para as Eliminatórias da Copa e dois para os amistosos de preparação da seleção olímpica.

Nesta terça-feira, durante o programa “Bate Bola Debate”, da ESPN, o jornalista Felippe Facincani, do Grupo Disney, comentou sobre a convocação e quem mais poderia ser chamado pelo técnico Tite para as duas próximas partidas válidas pela fase de classificação para o Mundial do Catar.

Ao falar sobre o meia Everton Ribeiro, que tenta driblar a má fase sob o comando de Rogério Ceni, o comentarista afirmou que o camisa 7 é um “bom coadjuvante”.

“Everton Ribeiro, na minha visão, não. Acho exagerado. Claro, foi recentemente convocado, aí também acho um pouco de exagero. Tem jogadores melhores nessa posição. (…) Difícil pro torcedor colocar na cabeça. O Everton Ribeiro é um bom coadjuvante nesse time do Flamengo. Nunca foi protagonista. Quando foi protagonista o Flamengo não estava nessa boa fase”, opinou Facincani.

“Pra mim, é um jogador que é bom coadjuvante. Não é um jogador que chama a responsabilidade. Quando voltou da seleção, o Flamengo foi pegar o São Paulo no Morumbi. Ele dá o pênalti na mão do Vitinho. O 10 da seleção tem de pegar o pênalti e bater. (…) Um atleta que, pra mim, é coadjuvante. Vive na sombra de Gabigol, vive na sombra de Arrascaeta, Bruno Henrique. Esses caras elevaram demais o patamar dele dentro do Flamengo”, completou o comentarista.

Retirado de: O Dia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui