A notícia de que Rodrigo Caio sentiu dores no joelho durante a preparação com a seleção brasileira deixou o Flamengo preocupado. O clube ficou em alerta com a possibilidade de sofrer o desfalque de seu principal zagueiro, em um momento no qual o setor defensivo da equipe tem recebido diversas críticas.

No podcast UOL Flamengo #15 (ouça na íntegra no episódio acima), o apresentador Pedro Lopes e o setorista Leo Burlá discutem os problemas defensivos do Flamengo e a necessidade de o clube ir ao mercado em busca de reforços para o setor.

“Negar que existe uma deficiência seria desonesto da nossa parte. O Flamengo toma muito gol. Não estamos falando de grandes adversários, mas de um período de jogos contra Portuguesa, Volta Redonda. A defesa sofre dois gols, mas o ataque faz três, mas pode haver um dia que não faça esses três. Não é por falta de trabalho”, afirmou Burlá.

Para o setorista, o novo problema físico de Rodrigo Caio faz com que a diretoria do Flamengo tenha a necessidade de buscar alguém no mercado. As opções que o treinador Rogério Ceni tem no elenco, na visão de Burlá, não resolveriam a situação.

“Gustavo Henrique e Leo Pereira nunca foram o que se esperava deles. O Bruno Viana também oscilou muito. A prova cabal de que os zagueiros do Flamengo não andam em grande conta é que Willian Arão é titular absoluto. Não tem como não falar do Rodrigo Caio, com mais uma lesão e isso chama a atenção. Parece que existe uma lacuna a ser preenchida pela direção de futebol”, comentou, destacando que o nome de David Luiz circula pela Gávea.

Rodrigo Caio paga um preço alto por seu comprometimento, segundo o repórter. “Pouco depois do fim do Brasileiro, o chefe do departamento médico do Flamengo falou que a lesão do Rodrigo Caio se agravou naquele jogo contra o São Paulo, que ele voltou porque valia título. Isso é recorrente com ele. É um cara que tem muito desejo de jogar. O Flamengo está apreensivo”, concluiu.

Ouça o podcast UOL Flamengo e confira também o debate sobre como as partidas de seleções vão causar ainda mais dores de cabeça ao Fla ao longo da temporada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui