Taça da Copa do Brasil (Foto: Tayrane Corrêa)

Clube da Série A há mais tempo invicto, o Flamengo tem dois desafios nesta quinta-feira (10) para aumentar a invencibilidade de mais de 50 dias (a última derrota foi para o Vasco, no dia 15/4). A primeira é ter que “juntar os cacos” e encontrar um time titular. Depois, o adversário será o Coritiba, no Paraná, às 19h.

Para esta partida, o Rubro-Negro não poderá contar com pelo menos sete jogadores. Gabigol*, César e Thiago Maia estão machucados, enquanto os meias Max e Arrascaeta serão baixas por estarem com a Covid-19. Além deles, o paraguaio Piris da Motta e o chileno Isla estão com as respectivas seleções para a disputa da Copa América. Isso sem contar o treinador Rogério Ceni e seu auxiliar Charles Hembert, que estão com Covid-19. Assim, o Rubro-Negro será comandado por Maurício Souza, do sub-20.

Além dos sete jogadores e do técnico, o Fla não terá Gerson e Pedro, que jogaram pela Seleção Olímpica na última terça-feira (8), na Sérvia. O centroavante, aliás, jogou os 90 minutos. Já o volante ficou em campo por 65. Eles vão ser reavaliados antes da partida contra o Coritiba, mas devem começar no banco de reservas.

* É importante destacar que o Flamengo se manifestou nas redes sociais e questionou o posicionamento da CBF (clique aqui e veja mais detalhes).

Adaptado de: Jogada 10


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui