O Cruzeiro, que já vive situação calamitosa do ponto de vista financeiro, ganhou mais um problema grave para resolver nos próximos 20 dias, caso não queira sofrer punições desportivas e administrativas da Fifa: pagar mais de R$ 7 milhões ao Defensor Sporting, do Uruguai, por uma dívida pela aquisição do meia Arrascaeta, em 2015. O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) não acatou o recurso dos advogados celestes e manteve a obrigação do pagamento de 1.151.500,00 euros, somados a mil franco suíços (R$ 112,9 mil) por custas processuais. A informação foi antecipada pelo Goal e confirmada pelo UOL Esporte.

Mais informações em instantes

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui