Nesta quinta-feira (10), o Flamengo estreou com vitória na Copa do Brasil. Jogando no Couto Pereira, o rubro-negro venceu o Coritiba por 1 a 0. Mesmo com vários desfalques, o clube carioca encontrou certa facilidade e teve o domínio da partida, mas diminuiu o ritmo e deixou de abrir uma vantagem maior.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte – com os comentaristas Isabella Ayami, Renato Maurício Prado, Danilo Lavieri e Ronaldão – a vitória do Flamengo foi discutida, e ficou a sensação que a equipe poderia ter vencido por um placar mais confortável.

“O Flamengo foi absoluto no primeiro tempo, mesmo jogando no modo econômico a partir do gol. No segundo tempo, o Coritiba melhorou e chegou a ameaçar. Não foi uma grande pressão e o Flamengo continuou com o domínio da partida, mas passou a correr riscos. A zaga dessa vez resistiu e ficou 1 a 0, mas ficou uma pontinha de frustração. Pela forma como começou, o Flamengo deu a sensação de que poderia ter liquidado já nesse primeiro jogo”, opinou Renato.

Para o duelo em Curitiba, o Flamengo teve uma série de desfalques: Isla, Rodrigo Caio, Gerson, Arrascaeta, Pedro e Gabigol. Rogério Ceni também ficou fora da partida – o treinador está com covid-19. Lavieri destacou que, mesmo com tantas ausências, o time rubro-negro ainda assim teve um bom desempenho.

“O primeiro tempo foi quase um treino para o Flamengo. Foi bem tranquilo, e o gol cedo facilitou a vida do Fla e fez o Coritiba sair para o jogo. O Flamengo consegue propor o jogo mesmo com desfalques importantes. No segundo tempo, o Coritiba tentou assustar, mas de uma maneira um pouco descontrolada, com chutes de longe”, analisou o colunista.

Para Ronaldão, o time rubro-negro desperdiçou a oportunidade de construir um placar mais confortável para o duelo de volta, na próxima quarta-feira (16). “O Flamengo mandou na partida e praticamente teve domínio total. A defesa se portou bem e foi sólida. Esse era o jogo em que o time poderia aproveitar e buscar um pouco mais de intensidade por um resultado melhor. Tomou uma pressão no fim, sendo que poderia ter ampliado e definido com mais tranquilidade”, comentou.

Renato usou o exemplo da eliminação do Palmeiras para o CRB no dia anterior como alerta para o Flamengo. “Vai ter que jogar a segunda partida ainda com cuidados. O Palmeiras ganhou o primeiro jogo do CRB e depois, em casa, o que aconteceu? Foi o mico dos micos. O Flamengo que tome cuidado, pois a classificação ainda não está definida, ainda que esteja bem encaminhada com essa vitória de hoje”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui