Antes de o Brasileirão começar, poucos torcedores de Athletico, Red Bull Bragantino e Fortaleza apostariam que suas equipes estivessem no G4 de desempenho após quase um terço da competição. Eles fazem companhia ao Palmeiras, líder do campeonato, no quarteto que apresentou o melhor futebol até aqui. O Galo vem logo atrás. Essas cinco equipes novamente tiveram um bom rendimento neste final de semana.

01 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho

O Ranking de Desempenho após a 11ª rodada.

Imagem: Rodrigo Coutinho

O Ranking de Desempenho tem como finalidade avaliar o rendimento das equipes. Oferecer ao torcedor uma maneira mais fidedigna de entender se o seu time está evoluindo, estagnado ou regredindo. Independentemente do resultado —que pode ocorrer por muitas variantes no futebol— a proposta é dar de 0 a 5 estrelas de acordo com o que cada equipe fez em campo. As estrelas são somadas a cada rodada e formam o cenário acima.

02 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho

Como o Verdão bateu o Peixe

Imagem: Rodrigo Coutinho

Jogo totalmente controlado pelo Palmeiras na abertura da rodada. Se o placar aponta a diferença de apenas um gol, o Santos, na prática, não ameaçou a vitória alviverde em nenhum momento, nem quando diminuiu com Carlos Sanchez na metade da 2ª etapa. O Verdão marcou muito bem e foi extremamente agressivo nos contra-ataques. Apresentou eficiência também nas ligações diretas, e ao ganhar basicamente todas as ”segundas bolas” após os passes longos. Grande atuação de Gustavo Gómez!

03 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho

Tudo sobre o empate entre Grêmio e Inter

Imagem: Rodrigo Coutinho

Grêmio e Inter repetiram muito do roteiro visto em partidas recentes entre os arquirrivais. Dificuldade para produzir ofensivamente, luta, vontade, marcações fortes, mas pouca capacidade ofensiva. O Colorado foi um pouco melhor. Levou perigo em alguns contragolpes no 1º tempo e teve em Yuri Alberto um ponto agressivo. Gabriel Chapecó evitou a derrota gremista dentro de casa, mas o time segue na lanterna. O Imortal recuou um pouco na 2ª etapa.

04 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho

Tudo sobre o jogaço entre Athlético e Bragantino

Imagem: Rodrigo Coutinho

Athletico e Red Bull Bragantino fizeram um dos melhores jogos do Brasileirão 2021 até o momento. Corresponderam às expectativas. Partiram para uma ”trocação franca de qualidade” na Arena da Baixada. O Massa Bruta foi superior nos primeiros 30 minutos e nos últimos 15. O Furacão dominou o restante. Ninguém quis especular e jogar no erro rival. Ambos foram extremamente agressivos. Uma aula de futebol. Organizados, intensos, qualificados e corajosos.

06 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho

Tudo sobre o duelo dos tricolores no Morumbi

Imagem: Rodrigo Coutinho

O Bahia se defendeu bem e vinha arrancando um empate contra o desfalcado São Paulo até os acréscimos. Liziero marcou no fim após belo cruzamento de Reinaldo. O time da casa teve mais a bola e, como esperado, se estabeleceu no campo de ataque. Pecou nos movimentos perto da área. Principalmente no 1º tempo, forçou muitos cruzamentos, e a dupla de zaga baiana respondeu bem. No contra-ataque, o Esquadrão chegou mais perto de marcar em duas grandes chances antes do intervalo. Na 2ª etapa, o ritmo dos visitantes caiu bastante, não levaram mais perigo, e o São Paulo achou espaços na reta final.

07 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho

Os detalhes da virada do Fluminense sobre o Sport

Imagem: Rodrigo Coutinho

A conexão Danilo Barcelos-Lucca definiu a vitória do Fluminense sobre o Sport na Ilha do Retiro. O Tricolor virou no 2º tempo, após a entrada do atacante, que aproveitou duas assistências perfeitas do lateral. O time carioca jogou com o time reserva e não teve uma boa atuação. Esteve lento e sem profundidade na maior parte do tempo. As mexidas feitas na 2ª etapa resolveram o problema. O Leão fez um 1º tempo competitivo, mas basicamente não atacou após abrir o placar. Rendimento ruim mais uma vez!

08 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho

Como o Galo bateu o Coelho no Independência

Imagem: Rodrigo Coutinho

O Atlético Mineiro segue pontuando e subindo na tabela. Desta vez, porém, o desempenho não foi tão bom como na vitória sobre o Flamengo, mas o suficiente para bater o rival América dentro do Independência. Com desfalques e alguns jogadores poupados, como Hulk, que entrou no 2º tempo e criou a jogada do gol, o Galo teve dificuldades para se impor com a bola. Levou perigo em contra-ataques, aproveitando os problemas defensivos do Coelho. O time da casa até foi agressivo, mas mostrou que está longe do ideal para fazer um campeonato mais tranquilo.

09 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho

Como foi Juventude e Atlético Goianiense

Imagem: Rodrigo Coutinho

Confronto muito equilibrado e intenso na manhã de domingo em Caxias do Sul. O Juventude buscou o empate com Matheus Peixoto, de pênalti, no último minuto, mas criou mais que o Atlético Goianiense ao longo da partida. O Dragão havia marcado pouco antes com Zé Roberto, que depois teve a chance de marcar o segundo, mas desperdiçou. Equipes organizadas, marcando forte e apresentando princípios nítidos para atacar, mas se ressentindo de mais qualidade técnica. Deixaram novamente uma sensação de competitividade alta.

10 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho

Os detalhes da virada do Flamengo sobre a Chapecoense

Imagem: Rodrigo Coutinho

Vitória sofrida de virada do Flamengo, que foi superior o jogo inteiro, principalmente no 2º tempo. Mesmo assim a Chapecoense conseguiu abrir o placar em falha de Diego Alves. Como esperado, o time visitante apostou nos contra-ataques. Se fechou num 5-4-1 e até teve finalizações perigosas antes de marcar. O rubro-negro foi pouco contundente no ataque, apesar de ter produzido algumas chances ainda no 1º tempo. Michael fez um golaço e melhorou taticamente a equipe.

12 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho

Os detalhes do empate entre Cuiabá e Ceará

Imagem: Rodrigo Coutinho

O Cuiabá foi buscar um empate diante do Ceará nos acréscimos e com um jogador a menos desde o 1º tempo. Fato que comprova a subida de produção do Dourado, mas a pouca ambição do Vozão na reta final de um jogo em que foi melhor a maior parte do tempo. O time da casa saiu na frente, mas os visitantes já eram mais perigosos antes do intervalo. Marcavam forte e imprimiam boas transições. O Cuiabá lutou bastante para superar isso e foi abnegado em inferioridade numérica. O Ceará se contentou com o 2 a 1 e foi castigado. Lima entrou muito bem. Jenison foi decisivo de novo.

13 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho

A vitória do Leão sobre o Timão

Imagem: Rodrigo Coutinho

Dois tempos distintos no encerramento da rodada no Castelão. O Fortaleza foi muito superior no 1º tempo. Se instalou no campo de ataque da forma que vem fazendo e criou bastante diante de um Corinthians apático, extremamente permissivo na marcação. O Leão do Pici abriu o placar antes dos 20 minutos e poderia até ter feito mais antes do intervalo. Na 2ª etapa, o Timão melhorou, ao menos foi competitivo. Os anfitriões atacaram menos, mesmo assim criaram chances mais claras. Vitória justa!

Seleção do Campeonato

Cada jogador que entra em campo recebe uma nota de 0 a 10 por sua atuação. A nota de partida é sempre 5 e ele vai ganhando ou perdendo pontos de acordo com o que faz em campo. A média das notas define o melhor de cada posição/função. Para fazer parte do time ao final do Brasileirão, é necessário ter participado de ao menos 40% dos jogos.

Cinco mudanças na Seleção em relação à última rodada. Pela primeira vez Fernando Miguel perde a vaga na meta. Gabriel Chapecó alcançou seu quinto jogo no Brasileirão, ou seja, entra na cota mínima de partidas neste momento, e recebeu uma nota 8 pela grande atuação no Gre-Nal. Já tinha ganho um 6,5 e possui agora a melhor média entre os goleiros.

11 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho

A Seleção do Brasileirão após a 11ª rodada

Imagem: Rodrigo Coutinho

Outra novidade é a chegada de Savarino, que também fez o quinto jogo na competição e desbanca Hulk. Levou um 6,5 contra o América, mas diante do Flamengo ganhou uma nota 8. Forma o ataque ao lado de Artur e já possui a melhor média de notas no campeonato. Thiago Heleno, Lucas Crispim e Edenilson retomam as vagas que já ocuparam em outros momentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui