Com a saída de Kenedy, Flamengo economiza montante milionário

Kenedy em treino do Flamengo no Ninho do Urubu (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

O Chelsea não quis esperar até o fim do contrato e solicitou o retorno imediato de Kenedy à capital inglesa. Cinco meses após o início do vínculo, o atacante retorna ao clube europeu para reforçar o elenco de Tomar Tuchel.

A viagem de volta do jogador acontecerá ainda nesta quarta-feira (12), data das passagens aéreas compradas pelo time inglês para garantir o atleta o mais rápido possível. O Flamengo até tentou contornar a situação e fazer com que o brasileiro permanecesse no Mais Querido, mas o Chelsea não quis iniciar conversas pela transferência e demandou o retorno.

Vale lembrar que a atitude da equipe detentora dos direitos de Kenedy é válida devido a um detalhe previsto no contrato assinado entre as partes. No documento, caso o Fla não indique a intenção de compra do jogador até dezembro de 2021, o clube tem o direito de exigir o retorno do atacante a qualquer momento.

Com o desfecho, o Rubro-Negro perde uma de suas opções para a temporada de 2022. Porém, a devolução tira a obrigação do Flamengo de pagar os R$ 3 milhões que precisaria repassar ao Chelsea ao fim do empréstimo.

Assim, o clube da Gávea economiza uma quantia relevante e tem o valor disponível para utilizar em outras negociações. No momento, o foco dos dirigentes é de contratar um zagueiro para reforçar o atual elenco.


Relacionadas

- Advertisement -

Últimas Notícias