“Nível das atuações individuais do Flamengo chamou muita atenção”

Cinco meses após a final da Libertadores, Flamengo e Palmeiras se reencontraram e empataram por 0 a 0 na noite desta quarta-feira (20), diante de 70 mil torcedores no Maracanã, em jogo adiantado da 4ª rodada do Brasileirão. As duas equipes jogaram com muita intensidade e concentração, errando pouco e negando espaços ao adversário. O Verdão começou melhor, mas o Rubro-Negro botou a bola no chão e foi superior na maior parte do jogo. Ainda assim, nada de gols.

Na Live do Flamengo, transmitida pelo UOL Esporte após os jogos do Mengão, os jornalistas Renato Maurício Prado e André Rocha destacaram o desempenho individual e coletivo da equipe contra o Palmeiras de Abel Ferreira. Na opinião de RMP, o empate foi justo, mas o Rubro-Negro esteve mais perto da vitória porque teve jogadores mais inspirados.

“Foi um jogão, apesar do 0 a 0, belíssimo jogo de futebol no Maracanã, Palmeiras e Flamengo criaram boas chances, o placar mais justo era um 2 a 2, mas tivesse um vencedor seria o Flamengo, principalmente pelo final do primeiro tempo e início do segundo. Teve bola na trave do Arrascaeta, bola do Arão que Weverton fez uma defesa grandiosa, mas o Palmeiras também teve suas chances, o Hugo fez uma bela defesa em chute do Danilo, foi um belo jogo.”

“Se alguém perdesse aí ficaria ruim, o Palmeiras porque ficaria com apenas um ponto, e o Flamengo se perdesse e jogasse mal, voltaria aquela pressão em cima do Paulo Sousa, mas nenhum dos dois técnicos saem pressionados porque as duas equipes jogaram bem. Se o Flamengo tivesse um pouco mais de sorte teria vencido, mas o 0 a 0 não é um desastre, longe disso. A torcida sai com um gostinho amargo, mas vai dormir satisfeita porque viu uma bela partida”, continuou RMP.

“Me chamou muita atenção o fato de o Flamengo ter tido excelentes atuações individuais. Arão fez um partidaço, o Filipe Luís botou o Dudu no bolso, João Gomes fez um partidaço, Gabigol jogou bem, curiosamente o cara que esteve mais sumido foi o Arrascaeta. Talvez tenha sido o que faltou para ganhar o jogo, mas fiquei muito impressionado com atuações individuais, há muito tempo não via atuação individuais tão boas”, completou o colunista do UOL.

Rocha afirmou que o Flamengo jogou bem e criou chances para fazer pelo menos um gol, mas continua pecando na hora de finalizar. Falta mais precisão.

“Para o Flamengo vencer esse time do Palmeiras precisava ser mais preciso nos momentos decisivos, em alguns momentos quando a bola chegava com liberdade, esse time precisa de muitas chances para fazer os gols, quando fica um jogo mais parelho e difícil, tem dificuldade.”

Retirado de: UOL

Deixe sua opinião!

Para facilitar a sua interação com os demais leitores, o GaveaNews.com implementou um novo sistema de comentários. Conheça todas as novidades.

  • Os comentários são revisados de forma imediata! Ou seja, assim que você publicar todos vão poder ler a sua opinião.
  • Facilidade para comentar! Você poderá comentar usando seu e-mail, perfil no Facebook, ou perfil no Twitter. O que for mais prático para você.
  • Avalie e responda os outros comentários! Logo abaixo de um comentário existe a possibilidade de você dar um voto positivo, ou negativo. Você também pode postar uma resposta.
  • Relacionadas

    - Advertisement -

    Últimas Notícias