“Retorno de Jorge Jesus causaria destituição geral no futebol do Flamengo”

Jorge Jesus em entrevista coletiva no Ninho do Urubu (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Na manhã desta quinta-feira (05), a torcida do Flamengo recebeu uma notícia que dividiu opiniões. Em encontro com o jornalista Renato Mauricio Prado, Jorge Jesus contou que deseja retornar ao Mais Querido.

O tema foi discutido no programa Seleção SporTV, onde o jornalista Eric Faria revelou outros fatos sobre o tema. Para ele, a demissão de Paulo Sousa para o retorno de Jorge Jesus acarretaria na saída dos dirigentes do departamento de futebol do Flamengo.

— Eu não vou afirmar que o Jorge Jesus não vai voltar ao Flamengo agora. Eu acho que, se voltasse agora, teria uma destituição geral no departamento de futebol. “O presidente Rodolfo Landim entende que tem que ser o Jorge Jesus o técnico”. Aí eu poderia apostar que ele não convenceria quem manda no futebol do Flamengo. E, para isso acontecer, teria que sair todo mundo para aí sim o Rodolfo Landim contratar o Jorge Jesus.

— Eu não vou afirmar que o Jorge Jesus não vai voltar ao Flamengo agora. Eu acho que, se voltasse agora, teria uma destituição geral no departamento de futebol. “O presidente Rodolfo Landim entende que tem que ser o Jorge Jesus o técnico”. Aí eu poderia apostar que ele não convenceria quem manda no futebol do Flamengo. E, para isso acontecer, teria que sair todo mundo para aí sim o Rodolfo Landim contratar o Jorge Jesus.

O jornalista da Rede Globo teve contato com Jorge Jesus recentemente. O profissional estava presente na gravação de um programa especial da emissora com o treinador que foi gravado essa semana.

Sendo assim, Eric Faria aproveitou a oportunidade para falar o seu ponto de vista e os fatos que possui sobre o tema.

— Tudo isso o que ele falou é verdade. Eu ouvi muitas dessas declarações na segunda e na terça, quando ele participou da gravação do “Bem, Amigos!” especial. Depois fomos jantar, depois fui para o hotel com o Jorge Jesus, fui para o aeroporto com o Jorge Jesus. Das minhas 48h em São Paulo, passei muitas horas ao lado dele, ouvindo muitas dessas declarações. Por que não publiquei? Porque para mim ficou claro que era uma conversa informal. Esse é o meu caso. Não sei se é o caso do Renato (Maurício Prado, autor da matéria).

Quando perguntou ao técnico se tinha medo de não conquistar os mesmos feitos pelo Flamengo, o português foi bastante categórico e incisivo em sua resposta.

— Quero atestar a veracidade de tudo o que ele falou. Falou outras coisas também. Perguntei a ele sobre ter medo de voltar ao Flamengo e perder toda essa devoção que a torcida tem por ele. A resposta dele foi a seguinte: “Não tenho medo nenhum, sei que vou fazer igual ou melhor ainda”.

Apesar de toda a situação criada com as declarações de Jorge Jesus, o que se percebe é que a diretoria continuará dando respaldo a Paulo Sousa. Os dirigentes, no entanto, não se manifestaram publicamente em relação aos acontecimentos recentes.

Com Paulo Sousa à frente, o Flamengo se prepara nos próximos dias para enfrentar o Botafogo pelo Campeonato Brasileiro. A bola rola às 11h (horário de Brasília) de domingo (08), no Mané Garrincha.

Deixe sua opinião!

Para facilitar a sua interação com os demais leitores, o GaveaNews.com implementou um novo sistema de comentários. Conheça todas as novidades.

  • Os comentários são revisados de forma imediata! Ou seja, assim que você publicar todos vão poder ler a sua opinião.
  • Facilidade para comentar! Você poderá comentar usando seu e-mail, perfil no Facebook, ou perfil no Twitter. O que for mais prático para você.
  • Avalie e responda os outros comentários! Logo abaixo de um comentário existe a possibilidade de você dar um voto positivo, ou negativo. Você também pode postar uma resposta.
  • Relacionadas

    - Advertisement -

    Últimas Notícias