Ex-atacante do Flamengo se declara ao clube

Muniz em ação contra o Macaé (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

O ex-atacante do Flamengo, Rodrigo Muniz, comentou sobre a adaptação na Inglaterra, em entrevista ao portal “GE”, onde atua pelo Fulham. Nesta semana, o jogador de 21 anos conquistou o título da Championship, segunda divisão do país, que deu o acesso à Premier League. Vendido pelo Flamengo por R$ 50 milhões no ano passado, o atleta afirma que está bastante feliz com a carreira.

“Eu não falava nada, só OK, OK, very good. E aí na semana passada, por causa do visto, tive que fazer um teste de conversação em inglês, e passei. Para quem não falava nada, passar no teste… Fiquei felizão! Eu dei a vida [para aprender], o clube proporcionou uma professora para mim e para minha esposa, e temos um professor que também ajuda a gente”, relatou o atacante Rodrigo Muniz.

Além disso, Muniz destacou a parceria com a sua esposa e comentou sobre a passagem pelo Flamengo, onde foi revelado profissionalmente. Em dado momento, o atacante citou o aprendizado com Gabigol e Pedro para evoluir em sua posição.

“Eu converso muito com minha esposa. Quando eu estava no Flamengo tinha o Pedro e o Gabigol, aí vim para cá e tem o Mitrovic. Mas tem sido bom para mim, porque no Flamengo eu aprendi muito, e aqui com certeza também estou aprendendo muito”, destacou Muniz, em entrevista ao ‘GE’.

“Ele (Marco Silva) conversa muito comigo, eu entendo que tem o Mitrovic, que tem feito uma temporada muito boa. Eu continuo trabalhando, ele diz pra nunca perder essa vontade que tenho de vencer na vida. Porque como não estou jogando muito, tenho que trabalhar pra conseguir meu espaço. E eu treino bastante, quando a oportunidade aparecer, estou preparado”, completou.

Por fim, o atacante foi questionado sobre qual jogador que desejaria enfrentar na próxima temporada pela Premier League.

“Acho que o Cristiano Ronaldo. Se ele continuar no Manchester, seria bem bacana. Primeiro focar no jogo, e depois do jogo, se der, trocar camisa, conversar”, concluiu.

Retirado de: O Dia

Relacionadas

- Advertisement -

Últimas Notícias