Rodrigo Caio, do Flamengo, revela momentos tensos em recuperação de lesão

Rodrigo Caio estreia na temporada de 2022 em jogo do Flamengo contra o Altos (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Lidando com problemas no joelho direito já há algum tempo, Rodrigo Caio se recuperou da lesão e dos procedimentos pelos quais foi submetido na região e pôde estrear na temporada pelo Flamengo.

O zagueiro ficou cerca de cinco meses afastado dos compromissos do clube e revelou momentos difíceis no começo. Antes de fazer a cirurgia, o jogador contou que tentou superar a dor sozinho, e chegou a ponto de não conseguir mais pegar seu filho no colo.

— Em algum momento eu pensei que era mais forte do que a dor, e a gente não é mais forte do que a dor. Isso pra mim foi um aprendizado muito grande. Hoje eu entendo que a gente tem um limite e a gente precisa respeitar esse limite.

— Eu lembro quando eu chegava em casa depois de um jogo, destruído. No seguinte eu acordava, quando eu colocava os pés no chão, com muita dor. Eu não podia abraçar meu filho, não podia pegar ele no colo, não podia sair para fazer nada com a minha esposa, não podia sair com a minha família.

Agora se sentindo 100%, Rodrigo Caio lembrou da visita que recebeu de Paulo Sousa e da importância do departamento médico em todo o processo de recuperação. O zagueiro contou que a preocupação e o acompanhamento do técnico em todo esse tempo foram fundamentais para que ele se sentisse importante para a equipe e mirasse dias melhores no Flamengo.

— O departamento médico do Flamengo foi fundamental em todos os processos, onde teve calma com os processos, no dia a dia, para que eu pudesse retornar com saúde, o mais importante pra mim. Aos meus companheiros de equipe, ao treinador, ao Mister, que foi fundamental. Eu lembro como se fosse hoje quando ele foi me visitar e isso me deu uma força muito grande para que eu pudesse voltar a jogar. Me senti uma pessoa importante no elenco e isso pra mim foi muito gratificante.

Por ter ficado afastado dos jogos por diversos meses, Rodrigo Caio ficou em campo apenas no primeiro tempo da partida contra o Altos para que o corpo possa se reacostumar com ritmo.

O jogador pode viajar com o elenco nos próximos dias para o compromisso do Flamengo do final de semana. A equipe enfrenta o Ceará às 16h30 (horário de Brasília) de sábado (14), pela 6ª rodada do Brasileirão.

Relacionadas

- Advertisement -

Últimas Notícias