Conmebol atende solicitação do Flamengo

O Flamengo conseguiu a liberação de instrumentos para a torcida, na partida desta terça-feira (17/05), contra o Universidad Católica. O diretor de relações externas do clube, Cacau Cotta, foi o representante do Mais Querido, que entrou com a contestação da decisão inicial.

Na noite da segunda-feira, a torcida organizada “Flamanguaça” soltou uma nota repudiando um comunicado da Conmebol através do BEPE (Batalhão Especializado em Policiamento em Estádios) proibindo a bateria. A alegação era que os instrumentos poderiam virar armas em brigas entre as duas torcidas.

Cacau Cotta elogiou a liberação dos instrumentos musicais no confronto: “Se faz justa essa decisão. Foi um trabalho em conjunto. Skinner, Soraria Severiano, do Maracanã, junto comigo, pela pasta de relações externas. Nosso bom relacionamento com as entidades sempre ajuda no final”, disse.

As duas equipes se enfrentam nesta terça-feira (17/05), às 21h30, no Maracanã, pela 5ª rodada da fase de grupos da Libertadores. O confronto pode definir a classificação antecipada do Mais Querido para as oitavas de final da competição. Para isso, o time precisa de pelo menos um empate em casa.

Retirado de: Diário do Fla


Relacionadas

- Advertisement -

Últimas Notícias